Já debatemos tópicos semelhantes no neste blog de tecnologia para eventos, na expetativa de antecipar tendências e ferramentas de recolha de leads para feiras profissionais, e também como a hibridização pode permitir a simultanedade de interações digitais e presenciais para maximizar a acessibilidade, a relevância e a interatividade de eventos de grande escala.

De facto, a redefinição do nosso posicionamento levou-nos a adquirir um papel consultivo e a orientar a indústria dos eventos, no sentido de como aproveitar a tecnologia para organizar eventos seguros e rentáveis durante e após a crise da COVID-19. Todos os artigos relacionados estão aqui enumerados, do mais antigo ao mais recente:

O ano de 2020 foi deveras dramático para a indústria dos eventos, com números arrebatadores a indicar que 90% dos eventos à escala global foram canceladas entre maio e junho, e que cerca de 97% das empresas estão em extrema necessidade de capitalização para sobreviver (EEMA, 2020). Felizmente, a maioria dos organizadores de eventos conseguem agora entender que devem focar-se em alternativas viáveis capazes de minimizar danos e perdas económicas, através de eventos virtuais e híbridos.

Sabemos que alterar um evento radicalmente nunca é uma decisão fácil (especialmente para os proprietários de espaços físicos), assim como não é fácil lidar com decisões de cancelamento, restrições de capacidade em contextos sociais e medidas de confinamento altamente limitativas. Mas também sabemos que o custo de esperar até que a tempestade passe (ou, por outras palavras, não fazer nada) é muito maior.

Por esta altura é díficil não pensarmos, “Eu devia estar a fazer isto agora” ou “Eu já devia estar naquele patamar”, certo?

Muito pelo contrário, este ano trocou-nos as voltas e expôs quase todos a eventos virtuais e reuniões online. Embora algumas empresas tenham encerrado ou suspendido as suas atividades, outras conseguiram ter sucesso com as repercussões da pandemia, através da inovação tecnológica e mudanças de posicionamento. Não foi por acaso que o Zoom fechou o segundo trimestre fiscal com 370.200 clientes, dos quais 105.000 foram ganhos no final de abril.

A indústria dos eventos está a tornar-se mais ágil e resiliente

Apesar de não existirem verdades absolutas, espera-se que os eventos híbridos tenham um crescimento significativo e que o ritmo e a abrangência da mudança sejam enormes. Por exemplo, em feiras profissionais, as interações cara a cara ainda são altamente relevantes para aqueles que pretendem fechar propostas e criar novas oportunidades de negócio. Além disso, as demonstrações de produto são inestimáveis em eventos e exposições ao vivo. Tudo isto coloca à disposição da conexão humana um poder muito maior do que antes. Os expositores não podem mais considerar as interações como meramente transacionais. Em vez disso, é possível que os participantes exijam uma experiência mais personalizada e esperem receber conteúdo de forma mais apelativa. Muita coisa vai mudar.

Questiona-se sobre como organizar uma feira profissional em 2021?

Felizmente, a plataforma para feiras profissionais híbridas e virtuais da beamian pode ajudar o seu negócio a retomar o caminho para o sucesso de duas maneiras distintas, ambas com a segurança no topo das prioridades:

1. Se acredita que os eventos híbridos são o futuro, pode optar por utilizar o seu espaço físico para potenciar experiências virtuais através de uma solução híbrida para feiras de negócio.

2. Se as restrições governamentais ainda não forem favoráveis à realização de eventos presenciais ou híbridos, pode sempre ampliar o alcance e a acessibilidade da sua feira profissional através de um software para eventos virtuais.

É possível que a indústria dos eventos assista a uma rápida absorção tecnológica, a qual impulsionará interações mais relevantes, bem como a troca e cocriação de conteúdo, online e offline. Se assim for, também o seu negócio vai necessitar de se adaptar e transformar rapidamente.

Fale connosco! Vamos ajudar a expandir o seu negócio através de eventos 100% virtuais, ao mesmo tempo que preparamos um retorno eficaz e seguro aos eventos ao vivo.